videos para pensar

Loading...

sexta-feira, 17 de setembro de 2010

TEORIA DA REALEZA E SUBMISSÃO


Numa distante época, quando todos os animais governavam suas próprias vidas, houve um grande alvoroço, começaram a espalhar por todos os cantos a idéia de que se aquela situação continuasse, a vida acabaria por se tornar uma
 grande bagunça, animais entrariam em extinção, desencadeando um desastroso desiquilibrio ambiental.
Todos os animais, com excessão do avestruz que preferiu enfiar sua cabeça em um buraco qualquer, se reuniram, estando o leão, verdadeiro mentor de toda aquela revolução intelectual, posicionado no ponto mais alto, conduzindo toda aquela discussão.

Após explicar porque deveriam por fim em toda aquela anarquia, o leão finalmente colocou suas manguinhas de fora:

_ Precisamos de um lider, Alguem que lute pelos interesses de todos com justiça e generosidade, e ninguém melhor que eu, ou vocês achão que essa juba é apenas um enfeite? Não! É a coroa de um predestinado. Houve um grande murmurio mas logo foi sufocado pela surpreendente teoria da juba.

Quase todos se calaram diante daquela revelação, apenas quatro animais protestaram, pois também tinham interesse em se tornarem reis de toda aquela bicharada, foram eles: a girafa, o elefante, a cobra e o macaco.

A girafa foi a pimeira a defender seus interesses:

_Olhem para mim, reparem em minha elegância e graciosidade, um perfeito conjunto estético e espiritual, com todo esse ar de nobreza há de ser eu a escolhida.

O leão respondeu:

_ Um verdadeiro rei precisa ter pulso firme,e não enxergo em você tamanha qualidade.

A concordância foi unanime, porém o elefante aproveitou a brecha dada pelo leão e se propos a dizer:

_ Tamanha qualidade descrita pelo carissimo leão é o xerox de minha personalidade e intelectualidade, festejem, pois acabaram de encontrar vosso rei.

O leão, ao perceber que estava prestes a perder o seu tão sonhado reinado gritou o mais alto que pôde:

_ Como essa criatura pode ser vosso rei? Olhem para ele, enorme desengonçado, não tem porte de um rei, mas sim de um plebeu.

O elefante abaixou sua cabeça e saiu de fininho, mas nunca se esquecera daquela enorme humilhação.

Então a cobra sorrateiramente tomou a frente:

_ Eu também me interesso pelo cargo.

Antes que a cobra pronunciasse qualquer outra palavra, o leão que a algum tempo tinha feito do ataque sua maior arma politica ironizou o réptil:

_  Não me faça rir! Como alguém que se rasteja diante de todos, e que carrega consigo a fama de ser traiçoeiro pode almejar tanto?

A cobra não conseguiu se defender, apesar de ser mestre na arte de fazer politica. O macaco tomou coragem e disse:

_ O reino precisa de humor alegria e responsabilidade.

Ao perceber as intenções do macaco, o leão se aproximou dele e sussurrou baixinho:

_ Se eu me consagrar rei, você terá um cargo em meu reino.

Então o macaco terminou a frase:

_ E ninguém melhor que o leão para nos proporcionar isso.

Mal sabia o pobre macaco que ele viria a ser o bobo da corte.

O leão voltou a afirmar:

_ Essa juba não é em vão! Sou um predestinado, um escolhido pelos Deuses!

Assim o leão se tornou rei dos animais. Tendo todos os animais a sua disposição, a realeza passava os dias descansando sabe lá de que em alguma sombra, sem se preocupar com as questões populares. Tinha o hábito de caçar, mas apenas por esporte.

Muitos anos depois, uma águia vinda de um reino distante, dona de uma extraordinária visão, tentou alertar à todos sobre a felina tirania que estavam sendo expostos. Ao perceeber isto, o leão convidou a águia a visita-lo , com a suposta intensão de negociar , então foi oferecido um farto banquete apenas para os mais intimos. Houve bastante discussão, todos queriam saber que ave era aquela servida como prato principal. Mal sabiam que naquele exato momento muitos animais também se alimentavam não da carne, mas do espirito da águia.  Tudo o que acabo de relatar eu apenas escutei,acho que é hora desse velho avestruz tirar a cabeça  do buraco!.


Um comentário: